Persianas deixam o ambiente supermoderno, são bem fáceis de limpar (alguns tipos demandam apenas um pano seco para limpeza) e podem ser usadas em esquadrias pequenas como por exemplo basculantes e outras entradas de ventilação. Podem ser instaladas em qualquer ambiente, com suas variadas formas, cores e sentidos.

As salas de estar e de jantar pedem persianas verticais do tipo finesse. Elas têm ondulações parecidas com o efeito proporcionado pelas cortinas. São um visual mais tradicional e proporcionam uma sensação de maior volume à parede. Como as lâminas são feitas de PVC, as ondas ficam bem mais estruturadas do que as ondas naturais dos tecidos das cortinas. Já nos quartos de casal, ficam muito bem as persianas do tipo romana, por serem muito elegantes e remeterem ao estilo mais clássico de decoração. Com o tempo, a variação dos materiais, como o uso de bambu, permitiu a esse tipo de persiana passear por outros estilos de decoração, dando até mesmo um tom mais rústico e ecológico ao lugar. É possível encontrar persianas romanas com bloqueio de raios UV e que dão efeitos de iluminação interessantes se forem combinadas em três ou mais fileiras, pois é possível levantar ou abaixar os gomos um a um.

persiana vertical

No quarto das crianças, uma boa pedida são as persianas de madeira. Elas são versáteis, podem acompanhar a mudança na decoração ao passo que as crianças ficam mais velhas e são resistentes. Na verdade, esse tipo de persiana é indicado para quase todos os ambientes, desde que não haja a presença de água ou muita umidade. O que vai dar um toque mais requintado ou divertido as persianas de madeira é a escolha do acabamento, que pode ser em fita ou cadarço em uma composição com lâminas de madeira natural ou sintéticas.

E por fim na cozinha, na área de serviço e no banheiro as persianas mais indicadas são as horizontais metálicas, finas, que são fáceis de limpar e dão um ar mais clean ao ambiente. E então? Já escolheu as suas persianas?

persiana horizontal